17 janeiro 2011

Chorar com os que choram


O que dizer diante de uma tragédia de tamanha proporção como a que atingiu a região serrana do Rio de Janeiro? Não quero correr o risco de minimizar o sofrimento alheio. Gostaria de escrever algo sobre os últimos acontecimentos, mas sinceramente não encontro palavras. Se apenas as imagens causam aperto no coração, imagine a dor daqueles que sentem na pele a perda de pessoas queridas ou de seus bens que custaram uma vida inteira de sacrifícios. É uma realidade cruel e não posso dimensionar tal sensação.

Mas em meio ao caos, alguns gestos e atitudes nos fazem acreditar um pouco mais nas pessoas. A solidariedade parece brotar do coração de muitos. É inspirador saber de histórias de anônimos que ignoram seu próprio sofrimento pra ajudar ao outro. O batalhão de voluntários que se mobilizam para amenizar a dor dos necessitados talvez seja o que podemos enxergar de bom em tudo isso.

Deixo aqui as minhas poucas palavras, minhas orações e o meu sincero desejo de que dias melhores estejam por vir para os moradores das cidades afetadas.

Um comentário:

Pr. Valdo Melo disse...

Graça e paz meu querido irmã, seu blog é lindo e muito edificante, parabéns, se vc quiser fazer uma visita no meu blog pessoal e se gosta se torne um uma seguidor e deixe seu recadinho... http://www.prvaldomelo.blogspot.com/

Pr. Valdo Melo