26 fevereiro 2010

Gentileza gera gentileza

Quem passa próximo a rodoviária no Rio de Janeiro, se depara com essa, entre outras frases, pintadas nas pilastras cinzas do Elevado do Gasômetro, pelo lendário José Datrino, popularmente conhecido como "Profeta Gentileza". Um homem que por muitos deve ter sido visto como louco, toca em um ponto que, se praticado entre as pessoas, poderia tornar o mundo um lugar melhor de se viver .

Gentileza gera gentileza, assim como violência gera violência. Todos os dias podemos praticar pequenos atos de solidariedade e respeito ao próximo que poderiam desencadear uma grande revolução. Sei que no mundo estressante em que vivemos, esse tipo de pensamento é quase uma utopia, mas se pensarmos um pouco veremos que Jesus já ensinava essa lição. Em um dos momentos mais tensos de sua vida, ao participar da última ceia com seus discípulos e já sabendo da traição que viria por parte de Judas, Ele simplesmente decide lavar os pés dos que ali estavam, e depois de ter terminado, faz a seguinte pergunta : “Entendeis o que vos tenho feito? Vós me chamais Mestre e Senhor; e dizeis bem, porque eu o sou. Ora, se eu, o Senhor e Mestre, vos lavei os pés, também vós deveis lavar os pés uns aos outros.” (João 13:12-14). E não para por aí; depois de ter dedicado seu ministério pregando e vivendo o amor Ele reforça sua mensagem dizendo o seguinte : "Um novo mandamento vos dou: que vos ameis uns aos outros; assim como eu vos amei a vós, que também vós vos ameis uns aos outros. Nisto conhecerão todos que sois meus discípulos, se tiverdes amor uns aos outros.” (João 13:34-35).

Jesus deixou o exemplo de como deveríamos viver como cidadãos, independente de religião. O amor ao próximo, é a única arma capaz de vencer uma guerra sem causar vítimas.

Graça e Paz.

Trilha sonora do post : Ame ao Senhor - Guilherme Kerr e amigos

Um comentário:

Anna Raquel Lima. disse...

Muito pertinente o assunto!num mundo onde a gente tem sempre pressa,onde perdemos o hábito de simplesmente olhar para os lados e ver as pessoas,vale a pena lembrar do exemplo de Jesus!